Buscar
  • Infoarte Sistemas

Confira como os incentivos para PMEs podem manter seu negócio ativo


PMEs e o cenário atual: O que mudou nos benefícios e incentivos Em momentos delicados, os incentivos para PMEs também se tornam maiores. Isso porque diante da necessidade de fechamento das portas físicas, várias adversidades surgem. Os benefícios e os incentivos foram criados para amenizar as dificuldades. Confira alguns deles:

Aquisição de empréstimos e linhas de crédito Para facilitar o pagamento de contas, o BNDES destina R$ 5 bilhões em crédito, sem exigir especificação de uso. O Banco Central também oferta uma linha emergencial para pequenos negócios. São R$ 40 bilhões para empresas com faturamento anual de R$ 360 mil a R$ 10 milhões. Pagamento das dívidas e dos refinanciamentos Os maiores bancos vão adiar por 60 dias os vencimentos de dívidas e empréstimos de PMEs. A Caixa ampliou o prazo para 90 dias. O BB permite adiar o pagamento de duas parcelas de financiamento. Ainda houve redução de Juros di cheque especial e do rotativo do cartão de crédito. Uso de banco de horas e de férias coletivas A Medida Provisória 927/2020 determina que as empresas podem antecipar férias ou determinar as coletivas, com aviso 48 horas antes. O valor de 1/3 pode ser pago com o 13° salário. O banco de horas poderá ser usado para compensar horas não trabalhadas em até 18 meses. Prorrogação do pagamento do Simples e do FGTS O pagamento dos tributos federais de Simples Nacional e MEI foi adiado por 6 meses. Contribuições do sistema S foram reduzidas pela metade por 3 meses. O depósito do FGTS foi suspenso entre março e maio. O pagamento deverá ocorrer a partir de julho em 6 parcelas. Com essas dicas, fica fácil enfrentar esse desafio. Gostou? Compartilhe nas suas redes sociais e mostre os incentivos para PMEs.

27 visualizações

Acompanhe nossas Redes Sociais

  • LinkedIn ícone social
  • Facebook ícone social
  • Instagram